PREVENÇÃO DE DOENÇAS NA INFÂNCIA
Prevenção de assaduras

    A melhor medida contra assaduras é o uso de fraldas descartáveis, de marcas de boa qualidade, com gel absorvente e que deixem a criança efetivamente seca . Se você usar essas fraldas, basta trocar a criança logo após as evacuações ou quando o volume de urina na fralda estiver próximo ao limite de capacidade de armazenagem. À noite, é aconselhável usar fralda de tamanho maior, para que suporte o volume urinário noturno sem necessidade de trocas.

    Após trocar a criança, limpe bem a região perineal com pano umedecido. Lenços descartáveis hipoalergênicos são bastante adequados, porque, além de limparem, também hidratam a pele. Uma opção mais econômica é limpar com algodão embebido em água, secar bem e, depois, aplicar maisena ou um talco apropriado. Quando fizer isto, jamais espirre o talco no bumbum da criança. Despeje um pouco em sua mão e aplique suavemente, para evitar que o talco se espalhe pelo ar e a criança o inale. Evite o uso de fraldas descartáveis de má qualidade e sem gel, que, além de deixarem a criança úmida, podem provocar alergia.

    O uso de fraldas de pano exige vigilância constante por parte da mãe, para que a criança não fique úmida. Crie o hábito de verificar a fralda, pelo menos, a cada meia hora, para que a criança não fique muito tempo úmida depois de urinar. Após as evacuações, a criança deve ser trocada imediatamente. Use somente fraldas cem por cento de algodão, de boa qualidade, brancas e sem pinturas, porque a tinta da fralda pode sair em contato com a umidade e irritar a pele. Ao lavar a fralda, evite o uso de sabão em pó e amaciante. Lave-a apenas com sabão de coco e enxágüe-a várias vezes, para que não permaneçam resíduos de sabão no tecido.

    Se, apesar de tudo, ainda aparecerem assaduras, consulte o pediatra, para que possa diagnosticar e prescrever o melhor tratamento.